Photoshop: A maneira certa de usar a Pen(p)

Acontece com frequência: você já tentou de tudo, mas não existe o que de jeito naquela seleção que você tem que fazer. O contraste da imagem não favorece, a figura é cheia de curvas ou você simplesmente precisa de mais precisão. O que resta é recorrer à Pen(p), uma ferramenta que parece mistica e tem vontade própria. As curvas não ficam no lugar certo porque você não faz ideia de onde colocar aqueles malditos quadradinhos (pontos de ancoragem). Ao colocar um ponto de ancoragem a curva parece maluca, fica toda torta, você tenta corrigir e só piora tudo. Depois de 10 tentativas desiste e amaldiçoa umas das ferramentas mais uteis do Photoshop. Imagine, entretanto se houvesse uma forma mais simples, muito mais simples? Pois então você vai aprender agora.

A forma “errada”

Não há, francamente uma maneira “errada”. Essa maneira errada é na realidade a forma tradicional de usar a Pen(p) e não tem nada de errado com ela. O único problema é que a forma tradicional é complicada demais para novos usuários. São muitos conceitos envolvidos, diferentes atalhos no teclado para fazer diferentes coisas, cada novo ponto na curva se comportará segundo o anterior, então é necessário acertar a posição exata para cada um deles. Sem falar que mudar uma curva de direção requer uma outra ciência envolvida. É complicado demais e essa complicação inicial transforma a Pen em algo mistico. Uma ferramenta incrivelmente útil fica esquecida.

A maneira certa (simples)

Qual seria, então, a forma certa de usar a Pen(p)? Basta dividir um procedimento complicado em dois mais simples. Como? Posicionando todos os pontos de ancoragem antes de se preocupar com a curvatura em si. Em seguida, depois de tudo estar no lugar, é que você vai adicionar mais alguns pontos, onde for necessário para criar curvas. Vamos ao exemplo:

  1. Selecione a Pen adicione pontos de ancoragem onde você achar que há mudança de curvatura. Alguns pontos como quinas são óbvios, outros nem tanto, mas não se preocupe, não precisa ficar perfeito.

  2. Em seguida, ainda com a Pen(p) ativada, clique sobre a reta na região que você quer transformar em uma curva. Um ponto de ancoragem será criado. Como o Photoshop já entende que aquela reta será uma curva basta segurar Ctrl para mover o ponto de ancoragem até seu lugar certo. Caso seja necessário use os controles para suavizar ou acentuar a curva.

  3. Repita o processo até terminar a seleção. Caso algum ponto de ancoragem esteja errado é só clicar sobre ele para removê-lo.

Uma dica para posicionar os pontos de ancoragem; quanto mais acentuada a curva, mais pontos de ancoragem ela possui. Então situe seus pontos de ancoragem mais próximo à areá acentuada.


Essa simples técnica facilitou muito meu dia-a-dia no Photoshop e espero que facilite o seu também. Tendo qualquer duvida ou comentário pode deixar ai em baixo que eu respondo e caso você tenha achado útil mande esse tutorial para algum amigo necessitado.

Obrigado e até a próxima.


Compartilhe


Sobre o Autor
Davi Teodoro

Davi Teodoro

Arquiteto em formação e apaixonado por tecnologia. Sempre achou muito legal esses textos em 3ª pessoa, mas na hora de escrever o seu próprio não conseguiu sair do clichê.